Data de publicação: 21/01/2020

O fluxo mundial de investimentos estrangeiros diretos (IED) movimentou US$ 1,39 trilhão em 2019, ante US$ 1,41 trilhão em 2018, um pequeno recuo de 1%. As informações foram dadas pela Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad).

Tal queda ocorreu num cenário de fraco desempenho macroeconômico mundial e incertezas políticas para os investidores. O Brasil atraiu US$ 75 bilhões em IED em 2019, tendo um avanço de 26% em relação a 2018, e isso é resultado do início do programa de privatizações.

Expansão marginal

Neste ano, a Unctad espera uma evolução moderada do fluxo global de IED, frente a expectativas de crescimento da economia internacional, da formação bruta de capital fixo e do comércio.

Fonte: Agência Anba – Anba

Translate »
× Como posso te ajudar?